junho 24, 2017

Feliz Dia das Fadas!


Hoje é um dos dias que se fazem comemorações em honra às fadas. Existem outras datas com esse fim, mas normalmente quem conhece e as comemora são pessoas (como eu) que tem algum envolvimento espiritual com isso. Se interessar, posso trazer esse tema aqui para o blog esporadicamente, embora tenha decidido deixar minhas convicções pessoais e principalmente espirituais fora da minha vida virtual. Porém, sei que uma boa parte das pessoas que me acompanham aqui, tem algum interesse nem que seja cultural no assunto, então se for interessante pra vocês me digam nos comentários.

Gostaria de ter preparado algo para essa data, bem como para a chegada do inverno, mas não tive tempo. Felizmente ainda temos metade do ano pela frente e com certeza prepararei algo para o solstício de verão em honra às minhas pequenas amigas.

Deixo então um trecho de um poema de Antero de Quental, como uma pequena homenagem ao meu querido povo pequeno.
As fadas… eu creio nelas!
Umas são moças e belas,
Outras, velhas de pasmar…
Umas vivem nos rochedos,
Outras, pelos arvoredos,
Outras, à beira do mar…

Algumas em fonte fria
Escondem-se, enquanto é dia,
Saem só ao escurecer…
Outras, debaixo da terra,
Nas grutas verdes da serra,
É que se vão esconder…
Não poderia deixar também de compartilhar uma citação de Sonho de uma Noite de Verão, que eu adoro.
Nos densos cerrados, no bos­que fa­guei­ro, nos belos gramados por tudo me esgueiro mais apressada que a lua quan­do na mata flutua. Contente, sirvo à rainha das fadas, senhora minha e sobre o relvado faço de seus círculos o traço.
Por último e não menos importante, deixo para vocês duas músicas para inspirá-los nessa data tão especial.

junho 12, 2017

30 dias de gratidão ~ Dia 05


Dia 05 ~ Por quais sons você é grata?


Obras do Beethoven: Não é segredo pra ninguém o quanto sou apaixonada pelo Bee. Amo todas as obras dele com as minhas vísceras, mas sou muito, muito, muito grata pela Inno alla Gioia, que é a música da minha vida.

Gargalhada da Alice: Eu amo ver a minha filha rir até doer a barriga, me encanta vê-la feliz.

Canto dos pássaros: Há coisa mais agradável do que acordar bem cedinho ouvindo o canto dos sabiás e outros pássaros? Ou ouvir a gritaria das maritacas ao final da tarde enquanto se deslocam para suas 'casas'?

Som do mar: Não há nada mais calmante e inebriante do que o som das ondas quebrando na praia, dá uma sensação de pequeneza diante daquele vasto e misterioso mundaréu de água. 


E quais são seus sons preferidos e pelos quais você é grato (a)?