maio 28, 2017

Sunday Love: Sonhos


Dias nublados como hoje me fazem pensar na vida, mas é aquela reflexão positiva, que a gente pensa nas coisas que nos fariam felizes e nas coisas que gostaríamos de realizar um dia. Eu sou naturalmente muito sonhadora, sempre fui e essa é uma das qualidades que eu mais tenho carinho em mim e nas outras pessoas.

Sonhar faz bem para a alma, acalenta e aquece o coração. O único cuidado que devemos tomar em relação aos sonhos é não pensar apenas neles e na felicidade que a realização deles trariam e negligenciar ou não sermos gratos pela vida que já temos. Os sonhos devem servir como inspiração e como um mola propulsora para o futuro e não um meio de ficarmos tristes e desanimados por ainda não sermos ou termos o que desejamos.

Eu gosto muito de imaginar as coisas que eu gostaria de fazer um dia, costuma me animar bastante em relação ao futuro. Algumas coisas são relativamente fáceis de conseguir, outras são mais complexas e vão exigir mais tempo e recursos, mas nem por isso deixo de pensar nelas. A lei da atração diz que quanto mais pensamos e acreditamos em algo, a tendência é que o universo conspire a nosso favor, não é mesmo?

A primeira coisa na qual eu penso quando estou imersa em meus sonhos é na minha casa no campo. Imagino uma casa térrea numa cidade pequena, com decoração rústica, cortinas de renda e almofadas de tricô, uma cozinha cheia de armários para acomodar gentilmente muitas porcelanas bonitas que eu usaria para servir comidas deliciosas para a minha família e convidados, na área externa imagino um forno e fogão à lenha onde eu assaria pães, biscoitos e tortas. Também teria um vasto jardim com muitas lavandas e margaridas e eu também teria uma horta, onde plantaria verduras e legumes para o consumo da minha família e não seria mal ter um pé de atemoia e maçã. Também gostaria de ver minhas gatas correndo livremente no quintal com a Alice e também imagino um balanço e uma casinha de madeira para ela, talvez até mesmo uma casa na árvore. Imagino minha casa muito aconchegante, bem decorada e iluminada, ela também teria aroma de lavanda e muitas plantas. Meu tumblr é recheado de referências sobre minha casa e estilo de vida dos sonhos, vocês podem acompanhar aqui.

Também me imagino vivendo em contato íntimo com a natureza, passeando em bosques e florestas, procurando cogumelos, sementes e todos os tesouros que a natureza oferece junto com a Alice. Também imagino ela, papai urso e eu fazendo piqueniques com uma toalha xadrez vermelha e uma cesta grande com um laço, nós alimentaríamos os passarinhos e outros moradores locais com alimentos adequados para eles e eu ensinaria a Alice como toda forma de vida é importante.

Anseio ardentemente por poder comemorar a chegada das estações adequadamente, decorando a minha casa, a varanda e fazendo comidas e bebidas especiais enquanto refletimos sobre a importância daquela data em família. Também imagino nossa comemoração de Halloween, esculpindo abóboras, decorando a casa e se possível, pedindo doces na vizinhança.

Outra ideia que não sai dos meus sonhos é nosso retorno à Escócia, agora com nossa pequena fada Alice. Desejo não só voltar à Edimburgo, mas também quero conhecer outros lugares que não foram possíveis na última vez, como Glasgow e as Highlands. Nisso inclui nossa ida ao Reino Unido de forma geral, onde iremos ver o Stonehenge. Também consigo nos imaginar voltando à Irlanda, onde levarei a Alice para conhecer as árvores das fadas e toda essa cultura linda tão querida por nossa família. Também quero fazer um mochilão pela Escandinávia e visitar toda e qualquer coisa relacionada aos vikings.

Ainda em termos de viagem, me imagino indo até Viena visitar o túmulo do Beethoven, meu grande amor e ídolo da vida e chorando o volume do Rio Nilo.

Nossa, são tantos sonhos! Acho que vou dividir esse post em algumas partes, pois esse já está pra lá de grande! Gostei desse exercício de colocar meus desejos em palavras, lendo assim parecem coisas completamente possíveis. Talvez seja porque elas realmente sejam!

Nunca deixem de sonhar e nem de acreditar que seus sonhos são possíveis. Há coisas que levam mais tempo que outras, mas com amor, dedicação e perseverança, tudo pode acontecer. Não desistam!

Mas agora eu gostaria de saber, quais são seus maiores sonhos?

Até a próxima!

maio 21, 2017

Sunday Love: Mulheres Inspiradoras

Existem algumas mulheres que eu admiro muito e nas quais me inspiro bastante. Tenho certeza que a maioria é conhecida por todos, afinal são grandes musas das artes, mas há uma representante ilustre do ramo das ciências.

Selecionei essas belas damas que muito contribuíram e contribuem para a beleza no mundo, seja através da arte, música ou ciência. Mulheres fortes, inteligentes e determinadas, cujo as vidas foram marcadas por uma grande trajetória de sucesso e encanto.

Credits: Tasha Tudor and Family

Tasha Tudor: Tasha foi uma das maiores escritoras e ilustradoras infantis da história. Foi responsável pela ilustração de diversos livros infantis durante todo o século XX e adotou um estilo de vida campestre que é o meu objetivo de vida. Vivia entre cabras, galinhas e corgis em uma bela casa no estilo cottage, onde além de trabalhar em suas ilustrações também cozinhava, bordava e se dedicava incansavelmente à um belo jardim. 

Credits: National Trust

Beatrix Potter: A célebre criadora de Peter Rabbit era, além de ilustradora, escritora, conservacionista e micologista. Creio que dificilmente haverá novamente igual talento como o dela. Sou suspeita para falar, pois sou completamente apaixonada pelo mundo do Peter Rabbit e o fato dela também estar um pouco envolvida com as ciências me faz admirá-la ainda mais.

Credits: Divulgação

Jane Goodall: Jane é uma primatóloga/etóloga que tive o imenso prazer de conhecer enquanto fazia meu trabalho de conclusão de curso da faculdade (fiz uma análise comportamental de chimpanzés em cativeiro) e me apaixonei pelo trabalho incrível e importantíssimo que ela vem desenvolvendo há décadas com grandes primatas. É meu exemplo como pessoa, como profissional e meu sonho é abraçar um chimpanzé e principalmente um orangotango como ela (já estive bem perto de ambos, mas quero abraçar um bebê 'cacaco' um dia).

Credits: Divulgação

Loreena McKennitt: Meu amor por essa mulher é visceral. Imaginem um coral de anjos cantando. Imaginaram? Pois é exatamente o que eu sinto quando ouço a voz dessa fada-mãe. Não há uma única música dela que não seja maravilhosa e não nos transporte para longínquos tempos não vividos, porém lembrados com saudades. Destaque para The Bonny Swans, que é uma das músicas da minha vida.

Credits: Divulgação

Enya: Se a Loreena é um anjo, a Enya é uma fada! Suas músicas são doces e de melodias sem igual. Enya, que na verdade se chama Eithne Ní Bhraonáin, é uma cantora/musicista irlandesa talentosíssima. Atualmente vive reclusa em seu castelo próximo à Dublin com seus gatos, tem coisa mais eu que isso? Gatos, castelos, Irlanda: essa mulher é meu alter-ego.

E quais são as mulheres que mais lhes inspiram?



maio 06, 2017

Gnomes by Wil Huygen & Rien Poortvliet


Eu sou uma colecionadora ferrenha de livros sobre criaturas mágicas, elementais e fadas. Tenho muitos títulos na minha coleção, mas sempre fico feliz quando compro ou ganho mais um, que foi o caso deste.

Alguns aniversários atrás fui presenteada com esse belíssimo livro sobre gnomos por um um amigo muito querido (e que conhece muito bem meus gostos). Fiquei muitíssimo feliz, pois eu ainda não tinha nenhum livro que falasse apenas sobre gnomos e de forma tão rica em detalhes. A minha edição é em inglês e eu desconheço se existe ela traduzida, mas de qualquer forma é um título que vale muito a pena se você gosta do assunto.


É um livro bastante completo sobre gnomos. Aborda desde a anatomia, vestuário até relacionamentos, costumes e modo de vida e além de todas essas informações valiosas, o livro é uma graça, muito bem ilustrado e bem diagramado, para quem gosta desse tipo de assunto é um deleite aos olhos e a alma. Recomendo!